Cabeçalho do site
Mestre João Pequeno de Pastinha


mestre joao pequeno

Mestre João Pequeno de Pastinha (foto de André Cypriano)

Em 27 de dezembro de 1917 nasceu na cidade de Araci, interior da Bahia, João Pereira do Santos, filho de Maria Clemença de Jesus, ceramista e descendente de índio e de Maximiliano Pereira dos Santos cuja profissão era vaqueiro na Fazenda Vargem do Canto na Região de Queimadas.


Aos quinze anos fugiu da seca a pé, indo até Alagoinhas e seguindo depois para Mata de São João, onde permaneceu dez anos e trabalhou na plantação de cana de açúcar como chamador de boi. Lá conheceu Juvêncio, na Fazenda são Pedro, que era ferreiro e capoeirista e com Juvêncio se iniciou na capoeira.


Aos 25 anos mudou-se para Salvador, onde trabalhou como cobrador de bondes, servente de pedreiro, pedreiro, chegando a ser mestre de obras. Foi na construção civil que conheceu Cândido que lhe apresentou o Mestre Barbosa, carregador do largo dois de julho e capoeirista, com quem João Pequeno também treinou e quem lhe levava para as rodas de Cobrinha Verde no Chame-Chame.


Ao conhecer Mestre Pastinha, enscreveu-se no Centro Esportivo de Capoeira Angola e, desde então, passou a acompanhar o mestre Pastinha que logo lhe ofereceu o cargo de Trenel (em 1945) e lhe apelidou de João Pequeno.


No final da década de sessenta, quando Pastinha não podia mais ensinar, passou a capoeira para João Pequeno dizendo: “João, você toma conta disto, porque eu vou morrer, mas morro somente o corpo, e em espírito eu vivo, enquanto houver Capoeira o meu nome não desaparecerá”.


mestre pastinha

Mestre João Pequeno fazendo sua louvação ao pé do berimbau com Mestre Pé de Chumbo (2007)

Na academia do Mestre Pastinha, João Pequeno ensinou capoeira a todos os outros grandes capoeiristas que dali se originaram e mais tarde tornaram-se grandes Mestres. Já capoeirista e condutor do trabalho do Mestre Pastinha, mas tendo que buscar sua sobrevivência além da capoeira, João Pequeno foi também feirante e carvoeiro, chegando a ser conhecido como João do carvão.


Em 1982, após a morte do Mestre Pastinha (1981), Mestre João Pequeno reabriu o Centro Esportivo de Capoeira Angola (CECA) no Forte Santo Antônio Alem do Carmo, onde conseguiu formar alguns mestres e ter muitos alunos.


Na década de noventa, Mestre João Pequeno recebeu o titulo de cidadão da cidade de Salvador, pela Câmara Municipal desta cidade.


Em 2003 o Mestre João Pequeno foi agraciado com o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal de Uberlândia e com a Comenda da Ordem do Mérito Cultural tornando-se Comendador de Cultura da República pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva.


Em 2007 recebeu, pela Câmara municipal de Salvador, a Medalha Zumbi dos Palmares.


capoeira angola

Mestre Pé de Chumbo e Mestre João Pequeno (2007)

Em 2008 recebeu o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal da Bahia (UFBA).


Em 2011, no dia 09 de dezembro, prestes a completar 94 anos, Mestre João Pequeno faleceu na cidade de Salvador (BA), deixando todos aqueles que admiram a Capoeira Angola órfãos por terem perdido sua maior referência. Agora, junto de Mestre Pastinha, ele zela pela capoeira lá das terras de Aruanda, onde residem aqueles que nunca morrem!!!


Fonte: Santos, João Pereira dos. Mestre João Pequeno, Uma vida de Capoeira.


imagem Mestre é de Chumbo
Copyright © 2012-2014 Mestre Pé de Chumbo