Cabeçalho do site
Mestre Pé de Chumbo - Seu Trabalho


capoeira angola

Mestre Pé de Chumbo no berimbau e Mestre João Pequeno fazendo sua louvação em roda no Forte Santo Antônio – Salvador (1996)

O trabalho do Mestre Pé de Chumbo foi construído ao longo de muito tempo, com muita seriedade, dedicação e respeito à capoeira e ao seu mestre.


Desde que iniciou seu contato com o Mestre João Pequeno em 1981, muitas foram as dificuldades enfrentadas e superadas.


E 1983, ao retornar da Bahia para o estado de São Paulo, mesmo sendo discriminado pelos capoeiristas locais por se dedicar à Capoeira Angola, fundou seu primeiro trabalho – Grupo Filhos da Bahia, no intuito de continuar os treinamentos do Mestre João Pequeno.


Nesse grupo, ele trabalhava a Capoeira Regional que sempre praticou e que lhe garantia os alunos e uma renda necessária, e a Capoeira Angola a qual ele tinha dedicado seus últimos anos de treinamento.


Em 1984, disposto a ver o crescimento e valorização da Capoeira Angola no estado de São Paulo, conseguiu construir seu próprio espaço na cidade de Indaiatuba (SP) onde pôde se dedicar ainda mais a prática da Capoeira Angola e desenvolver seu grupo Filhos da Bahia.


Mesmo sem condições financeiras, ao longo de toda década de 80, durante o período que viveu em São Paulo, Mestre Pé de Chumbo investiu em viagens constantes para Bahia em busca dos ensinamentos do Mestre João Pequeno, até que em 1988 retornou de Salvador (BA) com seu mestre, que passou três meses em Indaiatuba (SP), ministrando aulas de Capoeira Angola no seu espaço.


Em 1989 novamente trouxe Mestre João Pequeno para o estado de São Paulo, até que em 1990 retornou a Salvador e ficou longo período por lá com Mestre João Pequeno, ministrando aulas na academia do mestre no Forte Santo Antônio.


capoeira angola

Mestre João Pequeno dando aula na Academia do Mestre Pé de Chumbo em Indaiatuba (SP) - 1993

Neste mesmo ano, fundou sua primeira filial, na cidade de São Carlos (SP) onde foi residir para zelar pela qualidade do seu trabalho.


Em 1991 foi formado professor pelo Mestre João Pequeno e novamente trouxe seu mestre e outros angoleiros para o estado de São Paulo.


Já reconhecido como angoleiro e tendo um trabalho de qualidade, neste mesmo ano foi convidado para ministrar aulas de Capoeira Angola na Suécia e abriu seu primeiro núcleo internacional.


Em 1993, a pedido do Mestre João Pequeno, alterou o nome do seu trabalho e assumiu o trabalho do seu mestre – Academia João Pequeno de Pastinha / CECA, pois segundo Mestre João Pequeno, ele já era formado professor por essa academia e estava representando o trabalho do CECA no Brasil e no mundo.


Como reconhecimento da sua dedicação à Capoeira Angola e à Academia João Pequeno de Pastinha / CECA, em 1994 foi formado Mestre de Capoeira Angola e como mestre tem conduzido seu trabalho com muita dedicação e seriedade, tendo atualmente diversos núcleos no Brasil e no mundo.


A capoeira angola de Mestre Pé Chumbo tem como base a linhagem do Mestre Pastinha através dos ensinamentos do Mestre João Pequeno.


Os fundamentos e filosofias desses dois mestres compõe a linha condutora do seu trabalho, que é reconhecido e respeitado pelos grandes mestres angoleiros, que estão sempre ao seu lado, e por capoeiristas em todo o mundo.


capoeira angola

Mestre Pé de Chumbo na Suécia (1992)

Esse respeito e reconhecimento se deve ao fato do seu trabalho conter os elementos tradicionais e fundamentos da Capoeira Angola e também à sua forma inovadora de “vadiar”, pois sua capoeira é considera ao mesmo tempo lúdica e técnica.


Em seu trabalho, o respeito às tradições da Capoeira é essencial e a graduação dos seus alunos está baseada na qualidade e dedicação de cada um em relação à cultura da capoeira e ao grupo.






Entrevista com Mestre João Pequeno de Pastinha


Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


imagem Mestre é de Chumbo
Copyright © 2012-2014 Mestre Pé de Chumbo